Óbidos, um pequeno grande destino exclusivo

Escapada

Há muito que Óbidos se inscreveu nos locais de visita obrigatória em Portugal. Ainda não conhece? Então está na hora! A pitoresca vila fortificada com o seu castelo medieval fazem, só por si, as delicias de quem lá passa, mas há muito mais para ver e sentir neste cantinho mágico que conquistou até o segundo lugar no ranking dos melhores ‘pequenos destinos’ da Europa, uma votação online organizada pela Globalgrasshopper (portal internacional para viajantes independentes) e a Hotel.info (site de reservas hoteleiras).

Óbidos 6

Foto: Município de Óbidos

O seu património arquitectónico e edificado impregnado de história é indiscutivelmente um dos ex-líbris desta pequena grande vila a Oeste plantada, a actividade cultural que fervilha o ano inteiro confere-lhe ainda mais interesse. O Mercado Medieval, em Agosto, é talvez o mais emblemático de todos no país. O Festival Internacional do Chocolate, em Abril, é aclamado pelos mais importantes mestres chocolatier de todo o mundo. A Vila Natal, em Dezembro, transforma Óbidos num autêntico conto de fadas. A Semana Internacional de Piano, que há duas décadas traz a Portugal, no mês de Agosto, pianistas internacionais de renome e ainda o Folio – Festival Literário Internacional de Óbidos, que na sua primeira edição, em Outubro 2015, recebeu mais de 100 escritores portugueses e estrangeiros ao longo de dez dias, inscrevendo Óbidos no circuito dos principais certames literários.

Estes são alguns dos eventos que compõe a agenda cultural de Óbidos e que são responsáveis pela passagem de muitos milhares de visitantes na vila ao longo do ano, enchendo-a de animação, o que a juntar às paisagens de perder de vista, à gastronomia de excelência e à simpatia das suas gentes fazem desta vila um lugar inesquecível.

Nesta terra de tradições há, portanto, experiências obrigatórias. Visite o castelo de origem romana, certamente um dos mais bonitos de Portugal e deixe-se levar pelas ruas estreitas que o ligam à vila. Pelo caminho atente ao artesanato local, na presença dos artesãos que contam, ao vivo e a cores, a história dos seus ancestrais ofícios.

Beba uma ginja, com elas, sem elas, em copo de chocolate ou não, mas é importante que não deixe esta experiência de parte, o seu paladar agradece. Na verdade será impossível passar em Óbidos sem dar pela ginja, está à venda em praticamente todos os cafés, restaurantes, lojas de artesanato e bares espalhados um pouco por toda a parte. Se tiver tempo visite ainda um ginjal e fique a saber onde e como tudo começa.

Não deixe de espreitar o valioso património religioso das igrejas de São Tiago, Santa Maria e da Misericórdia. Suba à Ermida Nossa Senhora de Monserrate, contemple a beleza da azulejaria do sec. XVII e aprecie o silêncio neste local de culto da ordem religiosa franciscana.

Óbidos 9

Foto: Município de Óbidos

Conhecer a Lagoa de Óbidos será igualmente indispensável, sobretudo para os amantes da natureza e dos programas outdoor. Deslumbre-se com os cenários únicos desenhados pela águas prateadas e as aves aquáticas que aqui habitam. Flamingos e garças dão-lhe as boas vindas neste lugar que convida ao lazer e aos desportos aventura como trilhos pedestres junto à água, BTT, kitesurf, windsurf, paddleboard, canoagem ou mesmo o golf.

Aprecie cada momento, mas sem pressa, afinal está a apenas a uns 80 quilómetros de Lisboa e vai certamente querer voltar.

Uma espécie de Meca para os amantes de literatura

Uma das grandes novidades de Óbidos é a sua classificação como Vila Literária pela UNESCO. Nos últimos dois anos Óbidos tornou-se numa espécie de Meca para quem tem pelos livros um amor incondicional. Três novas livrarias deram o mote para o projecto Óbidos Vila Literária, que transformou o município num lugar ainda mais especial.

A Igreja de São Tiago, junto à entrada para o Castelo, foi transformada na Grande Livraria de Santiago de carácter generalista, a Galeria Nova Ogiva dedicada à temática das artes e ainda o Mercado Biológico, com títulos relacionados com viagens, gastronomia e vinhos, edições raras e de alfarrabista.

Além destas três livrarias, outros espaços dedicados à literatura compõe a oferta desta Vila Literária, que ambiciona chegar aos 200 mil títulos, entre os quais todos os títulos editados em português.

Óbidos 7

Foto: Município de Óbidos

Além do empenho do município, a Vila Literária é resultado de um trabalho conjunto da livraria Ler Devagar (na LX Factory), da Livraria Histórias com Bicho e de editoras e livreiros que se juntaram ao projecto.

Mesmo com o estatuto de vila, Óbidos integra assim uma lista de 69 “cidades da literatura”, ao lado de Edimburgo (Escócia), Melbourne (Austrália), Iowa City (EUA), Dublin (Eire) Reiquiavique (Islândia), Norwich (Inglaterra), Cracóvia (Polónia), Heidelberg (Alemanha), Dunedin (Nova Zelândia), Granada (Espanha) e Praga (República Checa).

Qual o Ford ideal para esta viagem? Peça aqui o seu Test Drive
Descarregue aqui o seu catálogo
Clique aqui para configurar o seu Ford