‘Veggiemania’: revolução vegetariana

Gastronomia e tendências

Seja para um jantar relaxado com amigos, um encontro romântico a dois ou para comer rapidamente no frenesim da rotina diária, o que era uma raridade no nosso país é hoje frequente, pelo menos nas suas duas maiores cidades. Falamos de restaurantes vegetarianos, onde a opção por uma alimentação saudável não implica compromissos ao nível da escolha e do paladar.

Para além dos restaurantes exclusivamente vegetarianos, são também cada vez mais outros que oferecem opções vegetarianas na ementa e pode sempre, é claro, visitar um mercado e confecionar os seus próprios pratos. Entre no seu Ford e depois descubra as nossas  cada vez mais as opções biológicas e vegetarianas que não deve perder. Algumas sugestões mais específicas:

mercados_bio

Passemos então aos lugares onde apreciar uma refeição vegetariana em Lisboa e Porto, começando com um supermercado… que é também restaurante.

Miosótis, Lisboa

A Miosótis mudou de instalações e mais que uma pequena loja, é agora um supermercado pleno de diversidade alimentar, colocando ao nosso dispor 100% de alimentos biológicos e de produção sustentada. Os alimentos biológicos à venda, com o seu valor nutritivo e melhor sabor, produzidos sem recurso a pesticidas químicos, promovem a biodiversidade e ecossistemas equilibrados, combinando práticas tradicionais com as descobertas mais modernas.

Estes mesmos alimentos estão na base das refeições servidas no restaurante e cafetaria (abertos de segunda a sábado) que convivem com a loja. Em ambos, alimentação 100% biológica, saudável, nutritiva e saborosa num espaço convivial e luminoso, ponto de encontro, de descanso e de descoberta.

Morada: Rua Latino Coelho, 89 1050-134 Lisboa

Supermercado: Aberto de segunda a sábado, entre as 9:00 e as 20:00

Restaurante: Sopas, pratos vegetarianos e de peixe, sumos naturais e bebidas (Horário: 12:30-16:00)

Cafetaria: Cafés, chás, bebidas vegetais, sumos naturais, shots, sobremesas e bolos, snacks e refeições ligeiras (Horário: 9:00-20:00).

Jardim dos Sentidos, Lisboa

Logo acima da Praça da Alegria, encontramos o Jardim dos Sentidos que, além da sua sala de refeições, oferece (como seria de esperar) um jardim com esplanada. Ao almoço há buffet a preços muito razoáveis, ao jantar, uma ementa à la carte. Pode também fazer uso do menu de grupo e reservar a tenda para um jantar privado. Opções não faltam.

A completar a oferta, um espaço para terapias alternativas (acupunctura, fitoterapia, reflexologia, shiatsu, cromoterapia, entre outros) e uma pequena mercearia com produtos naturais.

Morada: R. da Mãe de Água, 3 1250-154 Lisboa

Horário de abertura

Almoço: Segunda a Sexta das 12:00 às 15:00

Jantar: Segunda a Quinta das 19:00 às 22:30 / Sexta e Sábado das 19:00 às 23:00

Encerra aos Domingos

Os Tibetanos, Lisboa

Situado entre o Jardim Botânico e a Avenida da Liberdade, este restaurante propõe refeições naturais de cozinha vegetariana internacional, dos cumes dos Himalaias à planície indiana, da simplicidade do Japão à exuberância do Brasil e dos sabores africanos. É claro que os nossos temperos não são esquecidos: alho, coentros e azeite. Um conceito original.

No rés-do-chão e jardim, situa-se o restaurante. No edifício funciona também uma loja natural, com produtos tibetanos, um templo e escola budista (no primeiro andar), massagens, bem como, aulas de yoga e meditação.

A ementa é variada e saborosa. À parte do arroz integral, sempre se pode optar pelas sopas e cremes, caril de seitan, quorn ou os tradicionais momos. E para acompanhar há sumos naturais, lassis de fruta e uma a vasta carta de vinhos.

Morada: Rua do Salitre, 117 1250-096 Lisboa

Horário de abertura

Almoço: Segunda a Sexta das 12:15 às 14:45 / Sábado das 12:45 às 15:00

Jantar: Segunda a Sexta das 19:30 às 22:00 / Sábado das 20:00 às 23:00

Encerra aos Domingos

Ao 26 Vegan Food Project, Lisboa

No Chiado, no coração de Lisboa, fica o 26 Vegan Food Project, um dos mais jovens vegetarianos da cidade, aberto ao público desde Junho de 2016.

A decoração é simples e elegante, o ambiente é acolhedor e familiar, um convite à tranquilidade necessária para desfrutar da ementa, composta por saborosas iguarias vegan: prove a bifana de seitan, os hambúrgueres vegetarianos, ou o caril de legumes tailandês e termine com uma apetecível sobremesa.

26 vegan project 1

Morada: R. Vítor Cordon 26, 1200-484 Lisboa

Horário de abertura

Segunda das 12:30 às 15:30

Terça a Sábado das 12:00 às 23:00

Encerra aos Domingos

Vegana Burgers, Lisboa

O Vegana é uma proposta verdadeiramente original: um vegetariano de comida rápida. A ementa é constituída por hambúrgueres de vegetais, sem carne ou peixe e o local não podia ser mais conveniente, na zona de alimentação do Saldanha Residence, no centro de negócios da cidade, em plena renovação.

Pode escolher hambúrgueres e pão diferentes em cada um dos menus. Por exemplo: beterraba e arroz integral, com molho de pesto e maçã verde, servido em pão de cogumelos com sementes de sésamo; ou de grão com batata-doce, que acompanha com molho de manga e que vem num pão de abóbora.

Os menus custam entre 6,50€ e 8,10€, já com acompanhamento e bebida incluídos.

Morada: Avenida Fontes Pereira de Melo, 42 E, loja 15 e 16, Lisboa

Horário: 12h-23h

Psi, Lisboa

É provavelmente difícil imaginar um local mais agradável para um restaurante vegetariano. Perto do Hospital dos Capuchos, o Psi fica no meio de um jardim onde há uma pequena cascata e alguns nenúfares que pode completar serenamente da esplanada.

Todos os dias muda a sopa, os pratos de seitan e a sugestão do chef. A carta fixa mantém-se, como seria de esperar. Há ceviche de manga, chamuças de soja e legumes, saladas com legumes grelhados, tofu marinado com picles de pepino ou pasta de caril com leite de coco.

Morada: Alameda St António dos Capuchos, Lisboa

Horário: Das 12:30 às 15:30 e das 19:30 às 22:30, 2ª a Sábado

Encerra aos Domingos

Miss Saigon, Lisboa

Numa das zonas mais modernas da cidade, o Miss Saigon, no Parque das Nações, em Lisboa, perto da Torre Vasco da Gama, não se limita ao extremo oriente na sua ementa. Há pratos típicos da Holanda, Espanha, Nepal, França, China ou Vietname adaptados a um estilo vegan. Uma verdadeira volta ao mundo para o paladar.

No site do restaurante pode consultar a ementa, muito completa, e pode até encomendar comida.

Morada: Rua Cais das Naus loja 4.01.01 i, Lisboa

Horário: 12h30-16h de segunda a sexta-feira

Encerra aos domingos

Jardim das Cerejas, Lisboa

Como todos os bons gostos, o da cozinha vegetariana adquire-se e este é um bom restaurante para começar. Não há uma ementa fixa e há muito para experimentar em modo buffet, sempre com novidades.

A localização não podia ser mais central, na Calçada de Sacramento, na subida para o Largo do Carmo. Também tem take-away, caso prefira levar o seu almoço ou jantar em vez de desfrutar a aconchegante sala.

Morada: Calçada do Sacramento, 36, Lisboa

Horário: 12h-15h30 e 19h-23h

Terra, Lisboa

O restaurante Terra, várias vezes premiado em concursos gastronómicos, está situado num encantador prédio oitocentista, muito perto do Jardim do Príncipe Real e a minutos de toda a animação do Bairro Alto. Duas salas interiores (a sala do Buda azul e a sala das gravuras japonesas) são complementadas com um pequeno jardim dominado por uma fonte e árvores centenárias.

Os sabores de cada estação são apresentados em buffet, sempre com um toque português. A não perder feijoada de batata-doce, castanhas à Alentejana, cogumelos à Bulhão Pato, talvez lado a lado com um bom caril ou um colorido couscous. Para terminar, arroz doce conventual ou brownie de chocolate. Para acompanhar, chás, sumos, vinhos ou até… uma caipirinha.

terra2

Morada: R. da Palmeira 15, 1200-311 Lisboa

Horário de abertura

Terça a Domingo: 12:30–15:00, 19:30–22:30

Encerra à Segunda-feira

 Cultura dos Sabores, Porto

Não há clássico maior na gastronomia portuense do que a francesinha. A Cultura dos Sabores é um restaurante vegetariano, mas não é por isso que deixa de abraçar esta tradição e logo com três receitas no menu.

Aos almoços e jantares, funciona como restaurante buffet (11,95€), mas também serve pequenos-almoços e lanches. Tem duas salas, uma no piso superior e outra em baixo. Junto das janelas, existem cadeiras tipo baloiço viradas para a rua.

Morada: Rua de Ceuta, 80, Porto

Horário: 11h-23h.

Encerra à segunda-feira.

Em Carne Viva, Porto

Aproveitando a ironia do nome, a ementa do Em Carne Viva faz-se com pratos vegetarianos, variações do que de mais rico tem a cozinha portuguesa. Aqui pode experimentar cogumelos à Bulhão Pato, tofu com batata a murro, tofu à lagareiro ou lombinhos de seitan em vinha d’alhos. Tudo familiar, tudo saudável.

Como estamos no Porto, não podia faltar mais uma vez uma versão da francesinha. O espaço é muito elegante e foi decorado com materiais reciclados. Existe ainda um jardim exterior, que pode ser aproveitado nos dias mais quentes.

Morada: Avenida da Boavista, 868, Porto

Horário: 12h-22h.

Encerra ao domingo.

Da Terra Baixa, Porto

Já havia um restaurante Da Terra em Matosinhos mas este que aqui trazemos é o da baixa do Porto, com pouco mais de um ano de existência.

O conceito mantém-se nos dois espaços com um buffet de preço fixo que inclui sopas, folhados, pratos quentes e saladas, sempre vegetarianos, claro. Para acompanhar, há sumos naturais, detox ou sobremesas vegan.

Não esquecer o take-out, o catering ou o cozinheiro em casa mas a novidade mais interessante é que é aqui que acontecem os workshops de cozinha vegetariana Escola de Cozinha do Da Terra.

Morada: Rua Mouzinho da Silveira, 249, Porto

Horário: 12h-15h e 19h30-24h.

Essência, Porto

A essência do Essência é a cozinha vegetariana mas numa deliciosa inversão do que é normal, aqui as opções são alguns pratos de carne e peixe.

O espaço fica na zona da Boavista, no Porto, numa moradia dos anos 40. Tem uma sala no interior, mas também um pequeno pátio que pode ser aproveitado no inverno — os clientes recebem mantas. Os menus estão sempre a mudar e não faltam novidades.

Morada: Rua Pedro Hispano, 1190, Porto

Horário: 12:30h-15h e 20h-22h. Sexta a sábado até às 24h.

Encerra ao Domingo.

Lupin, Porto

Situado no rés-do-chão de um edifício dos anos 50 na zona da Boavista, Bom Sucesso, o Lupin Restaurante Vegetariano surge por iniciativa do Chef Jerónimo Pinto de Abreu e Andreia Santos, ambos naturais do Porto mas com vinte anos de experiência em Paris e Londres.

Seja ao almoço, num menu económico, ou ao jantar, à la carte, todas as refeições primam por ser completas e equilibradas nutricionalmente, feitas com produtos locais, sazonais e biológicos e, claro, muito saborosas.

Destaque também para a seleção de vinhos única disponível no Lupin, constituída, na íntegra, por opções biológicas e nacionais, contando também com o famoso vinho do Porto que, servido a cálice, é também biológico.

Morada: Rua Arquiteto Marques da Silva, nº 74 R/C , 4150 – 483 Porto

Horário:

Segunda a sexta – 12:00h-15:30 ao almoço

Quinta a sábado – 19h30-23h ao jantar

Encerra ao Domingo.