Novidade

É uma grande notícia para os fãs de pick-ups: o Ford Ranger, o modelo mais brutal do segmento nos EUA, vai chegar à Europa. Quer conhecê-lo? Apresentamos-lhe todas as características deste colosso da gama performance da Ford, o mais potente da sua categoria.

A nova Ford Ranger Raptor, a versão mais radical e de elevada performance da pick-up mais vendida na Europa, estreou-se na Gamescom (foi o primeiro veículo a ser apresentado em estreia absoluta e vai surgir no jogo Forza Horizon 4), o maior evento europeu de vídeojogos, em antecipação ao lançamento comercial em junho de 2019.

Desenvolvida nos laboratórios da Ford Performance, a imponente Ranger Raptor adapta-se na perfeição a estilos de vida aventureiros ao ar livre e está apta a enfrentar os mais duros terrenos com uma velocidade e eficácia avassaladoras. A capacidade de ir a todo o lado é-lhe conferida por um chassis ultra robusto, jantes e pneus exclusivos da versão, motor bi-turbo EcoBlue com 213 cavalos e um binário de 500 Nm. Conta ainda com caixa automática de 10 velocidades e sistema de tração Terrain Management.

Prática, robusta, requintada e com um visual muito agressivo

Com uma presença dominante imposta pelas imponentes dimensões e pelo estilo radical, esta Ranger fora de série conta com o apoio de um inédito chassis Ford Performance totalmente otimizado para a condução agressiva em fora de estrada, com capacidade para chegar a todo o lado. Como refere Leo Roeks, Diretor da Ford Performance Europa, “Podemos esquecer tudo o que pensávamos saber acerca de pick-ups. A nossa Ranger Raptor pertence a uma raça diferente: é um puro-sangue capaz de vencer o deserto em ritmo de corrida, e um todo o terreno radical para um estilo de vida ativo, com as melhores capacidades de reboque e carga nas mais duras e exigentes condições de trabalho.”

A Ford Ranger Raptor promete resistir a qualquer impacto de estradas exigentes e ser capaz de acelerar em todos os pisos. Com um chassis reforçado, com recurso a ligas leves de aço de alta resistência, a pick-up está pronta para resistir a tudo e mais alguma coisa. A suspensão concebida garante o conforto e o controlo, graças, entre outros componentes, à utilização de amortecedores FOX Racing inspirados na competição, com um sistema de amortecimento ativo (tecnologia conhecida por Position Sensitive Damping). Estes amortecedores proporcionam maiores forças de amortecimento em situações extremas de condução fora de estrada, bem como menores forças de amortecimento em condições de utilização mais moderadas, privilegiando a suavidade e o conforto na condução em estrada. Estes amortecedores possuem êmbolos de 46,6 mm e são complementados por braços de suspensão (triângulos) em alumínio, com torres de suspensão salientes à frente e conjuntos integrados mola- amortecedor na suspensão traseira, que inclui ligações Watt que atenuam substancialmente as oscilações laterais do eixo no seu movimento oscilante.

No que diz respeito ao sistema de travagem, a escolha recaiu em discos ventilados à frente (332mm de diâmetro e 32 mm de espessura), com pinças de êmbolos duplos, e discos ventilados atrás (332mm de diâmetro e 24mm de espessura). As jantes são de 17” e foram desenvolvidos pneus BF Goodrich na medida 285/70/R17 especificamente para a Ranger Raptor. Com 838mm de diâmetro e 285mm de largura, possuem paredes reforçadas, preparadas para os ambientes mais hostis bem como uma banda de rodagem agressiva e tipicamente off-road que proporciona a melhor aderência em molhado, lama, areia e neve. Nas palavras do engenheiro-chefe do programa Ranger Raptor, Damien RossA Ranger Raptor tem a capacidade de estar à vontade nas condições mais difíceis fora de estrada, sem qualquer esforço, e, também proporcionar uma condução de luxo em estrada. Na sua essência, a Ranger Raptor conta com a excecional conceção e capacidade funcional já existente na Ranger “normal”, mas leva esses padrões bem mais longe. Do ponto de vista do prazer de condução é mesmo um veículo muito especial”.

Um poço de forças debaixo do capot, um motor diesel na medida certa

Os engenheiros da Ford testaram exaustivamente o potente motor EcoBlue Bi-turbo de 2.0 litros e a transmissão automática de 10 velocidades, para comprovar a robustez e a durabilidade dos mesmos perante as condições mais adversas. Os testes incluíram manter em funcionamento contínuo, durante 200 horas, os turbos de baixa e alta pressão até estes atingirem o ponto de incandescência. Os dois turbos funcionam em série nos regimes mais baixos do motor para melhorar o binário e a capacidade de resposta. Nos regimes mais elevados, o turbo maior, de baixa pressão, ajuda a desenvolver a potência máxima.

O motor Diesel bi-turbo EcoBlue de 2.0l desenvolve 213cv de potência e 500 Nm de binário. O bloco vem acoplado, como já referido, a uma caixa automática de 10 velocidades, uma novidade da marca norte-americana. Esta transmissão é partilhada com a F-150 Raptor e é construída em aço de alta resistência, ligas de alumínio e materiais compósitos para otimizar a durabilidade e o peso. As relações mais longas resultam em melhores acelerações, melhor resposta e menores consumos. As passagens de caixa adaptativas em tempo real são geridas por algoritmos que garantem a seleção da relação certa no momento certo. A calibragem exclusiva desta transmissão inclui também uma função Live in drive, com patilhas no volante sempre disponíveis para passagens de caixa manuais.

Especialista em todos os terrenos 

A Ford Ranger Raptor dispõe do sistema Terrain Management System, que, como deixa adivinhar, serve para garantir as prestações do modelo em qualquer terreno. O sistema contempla seis modos de condução: Normal, Sport, Relva/Cascalho/Neve, Lama/Areia, Pedra e Baja (ajusta a resposta para a performance de condução fora de estrada a alta velocidade, permitindo ao condutor ter sensações semelhantes aos pilotos que participam nas famosas Bajas Californianas).

As tecnologias de assistência ao condutor e de segurança, cuja missão é aumentar a confiança dos condutores que enfrentam situações desconhecidas em todo o terreno, ou ambientes de trabalho extremamente exigentes, incluem uma versão melhorada do Controlo de Estabilidade Ford com Função de Mitigação de Capotamento, Controlo Eletrónico de Estabilidade, Controlo de Deriva do Atrelado, Controlo de Arranque em Subida, Controlo em Descida (HDC) e Controlo de Carga Adaptativo.

Interior refinado e de qualidade

O ADN da Ford Performance está também presente em todo o interior, que exibe uma elevada qualidade de construção, cores harmoniosas e materiais robustos para cenários de condução entre a cidade e as serras. Os bancos almofadados foram especificamente desenhados para conferir apoio a alta velocidade em fora de estrada, com almofadado duplo para maior conforto e materiais tipo camurça para melhorar a aderência.

As costuras a azul e os apontamentos em cabedal rematam a decoração interior bem como as patilhas no volante, em magnésio e inspiradas na competição, permitem passagens de caixa rápidas e precisas, estando corretamente posicionadas junto ao volante, que se encontram revestido a cabedal perfurado tendo estampado o logótipo Raptor. A marca ao centro do volante com a cor vermelha salta à vista e destina-se a ajudar o condutor a certificar-se da posição da direção na condução fora de estrada.

Tecnologia a bordo, um capítulo imprescindível

No habitáculo, os passageiros encontrarão um sistema de infotaiment com um ecrã tátil de 8”, operável por comandos de voz e gestos e dispõe de uma tecnologia de navegação por satélite de grande utilidade quando se anda fora de estrada em locais remotos, oferecendo mesmo uma função “migalhas de pão” para deixar um rasto de reconhecimento ao explorar áreas não cartografadas. Este sistema é compatível com o Android Auto e o Apple CarPlay e dispõe de função SYNC Applink para ativação por voz de diversas aplicações dos smartphones. O sistema de comunicação e entretenimento Ford SYNC 3 permite assim ao condutor controlar o áudio, a navegação e os smartphones conectados recorrendo apenas a comandos de voz em tom de conversação. A tecnologia de modem integrado a bordo, FordPass Connect oferece conetividade em movimento.

“A nova Ranger Raptor tem todas as ferramentas necessárias para a aventura. É uma moto de motocross, uma moto de neve e uma moto quatro num só veículo, é a pick-up de aventura na sua máxima expressão” garante Leo Roeks, Diretor da Ford Performance na Europa que vai mais longe e afirma: “Esqueça tudo o que pensa que sabe sobre pick-ups. O nosso novo Ranger Raptor é uma raça diferente”.