Escapada

Pedras Salgadas oferece uma experiência que combina a descontração do spa das termas da vila com o espírito aventureiro oferecido pelas suas cabanas nas árvores. Entre no seu Ford e viaje até este balneário do século XIX que foi transformado num complexo ecológico e termal absolutamente extraordinário. Vem?

Os arquitetos Álvaro Siza Vieira e Luís Rebelo de Andrade foram os responsáveis pela reabilitação de Pedras Salgadas, no norte de Portugal. Esta vila termal oferece uma experiência que combina o relaxamento do seu histórico spa com o espírito aventureiro das suas casas nas árvores. Viajemos pois no nosso Ford até este balneário do século XIX, transformado num complexo ecológico e termal absolutamente extraordinário.

Esta é a história de um dos parques mais bonitos de Portugal e da sua transformação num formoso complexo ecológico e termal que junta tradição e modernidade, natureza, bem-estar, água e estrelas. A história deste lugar remonta à segunda metade do século XIX, quando um médico de Vila Real começou a explorar as águas destes mananciais para fins terapêuticos. Em 1879 foi inaugurado o spa que rapidamente receberia as grandes personalidades da época, incluindo a família real. Tamanho sucesso levou à construção imediata de três hotéis, uma linha de comboio e um casino com salão de dança, onde o jogo, apesar de proibido, era uma prática habitual.

Imagem propriedade de Pedras Salgadas

Imagem propriedade de Pedras Salgadas

Espírito aventureiro

A vila de Pedras Salgadas é uma joia arquitetónica, situada num parque de 20 hectares com um microclima, flora e fauna características, que voltou a nascer em 2009, quando Álvaro Siza Vieira modernizou o balneário e Luís Rebelo de Andrade propôs a construção de modernas e inovadoras casas ecológicas. Uns anos depois, o novo resort de quatro estrelas, Pedras Salgadas Spa & Nature Park, é uma realidade que demonstra como a arquitetura sustentável pode ser fundida com um parque centenário. A proposta do arquiteto lisboeta consistiu na construção de 13 casas ecológicas modulares, duas delas nas árvores e uma cottage, perfeitamente integradas na exuberante vegetação que as rodeia. Porque aqui a natureza está literalmente a um passo de tudo, apenas separada do interior das casas pelas enormes janelas que nos convidam a entrar.

Aqui a arquitetura estende-se pelo coração do parque, com leves estruturas no alto das árvores e, no chão, com casas geométricas que configuram um magnífico exemplo de desenho moderno e ecológico. Os 16 quartos e suites, de 22 a 66 metros quadrados, com zona de sala e cozinha, foram construídos em lousa e madeira, materiais perfeitamente enquadrados com as árvores. Assim como as linhas limpas, a luz natural, a cores neutras e as janelas sobre a cama para contemplar as estrelas.

Complexo ecológico  extraordinário

E se as noites têm mais encanto com a observação das estrelas, os dias giram à volta do centenário spa que foi renovado por Siza Vieira, prémio Pritzker da arquitetura e um dos grandes mestres portugueses da luz. O trabalho do arquiteto portuense consistiu em unir o velho e o novo, inundando de luz natural os interiores originais e oferecendo uma nova vida à piscina, ao hammam, à sauna e aos duches banhados pelos mananciais minerais de Pedras Salgadas. O ambiente perfeito para usufruir dos reputados benefícios destas águas termais para a saúde, aos quais se juntam uma longa lista de cuidados faciais e corporais. O parque pode ser explorado a pé ou de bicicleta, e os espaços antes reservados à realeza e aristocracia, como o Casino ou o restaurante Casa de Chá, são agora acessíveis a todos os visitantes.

Imagem propriedade de Pedras Salgadas

Imagem propriedade de Pedras Salgadas

Os arredores da zona também merecem uma visita. Trás-os-Montes e Alto Douro é uma região de altas montanhas e vales profundos. Para os amantes da natureza, zonas protegidas como Albufeira do Azibo, Parque Nacional da Peneda-Gerês, Parques Naturais do Alvão, Douro Internacional e Montesinho são parques a não perder. Para os incondicionais do vinho, as extraordinárias produções do vinho do Porto e as famosas quintas do Vale do Douro são visitas obrigatórias. E para quem não pode passar sem património cultural, as minas de ouro de Tresminas, as termas do Alto Tâmega e as igrejas, pontes, conventos, castelos, museus e centros históricos da região são pontos de interesse a visitar… Mil e uma razões para uma escapada deliciosa.

Descarregue aqui o seu catálogo Clique aqui para configurar o seu Ford